sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Equilíbrio

Tento agora pintar um quadro novo,
Com mais atenção aos traços,
E consciência do que estou criando.
Deslizo minhas mãos sem pressa
Por sobre o espaço vazio do bidimensional,
Com a fé de quem começa a esboçar
Momentos mais lúcidos, mais reais,
Mais leves, mais inspirados.


Romulo Wagner de Souza

2 comentários:

  1. Eis, a fenix ressurgindo, mais forte e mais linda!
    Sua felicidade contagia...

    Bjsss

    ResponderExcluir